Quem Somos

Conheça um pouco de nossa história

 

Histórico

A Cooperativa Mista da FLONA Tapajós (COOMFLONA) teve sua origem com o Projeto de Apoio ao Manejo Florestal Sustentável na Amazônia (PROMANEJO). O PROMANEJO era um dos projetos do Programa Piloto de Proteção de Florestas Tropicais (PPG7) e atuou durante 11 anos na FLONA Tapajós, por meio de financiamentos do KFW (Banco Alemão de Desenvolvimento).

A população tradicional residente na FLONA se divide em 23 comunidades, sendo todas situadas na margem direita do Rio Tapajós. Estima-se um número superior a 1.000 famílias moradoras na FLONA, correspondendo aproximadamente a 5.000 pessoas. A grande maioria das famílias já viviam na área antes da criação da FLONA e tem entre suas principais atividades a pesca, caça, agricultura familiar (cultivo de mandioca, milho, arroz e feijão), a extração de produtos florestais madeireiros e não-madeireiros. Quanto aos recursos florestais têm forte destaque as espécies arbóreas nativas de maior ocorrência como o jatobá, o ipê, o jacarandá, o cedro, a maçaranduba, o tauari, o angelim, a itaúba, além das espécies de uso não madeireiro como o cumaru, o piquiá, a andiroba, a copaíba, dentre outras. Ainda existem árvores consideradas como de quintais como a mangueira, o caju, o cupuaçu, o abacate, o muruci, o taperebá e ainda a fauna aquática, com peixes valorosos como o tucunaré, o tambaqui, o pirarucu,

Em outubro de 2005, deu início o Projeto Ambé (Projetão), como era conhecido, teve apoio técnico-financeiro durante os dois primeiros anos de implantação. É um projeto modelo de manejo florestal comunitário em caráter empresarial, tendo sua base do operariado restrito aos comunitários da Floresta Nacional do Tapajós.viabilizar o Plano de Manejo, foi criada a Cooperativa Mista da Floresta Nacional do Tapajós.

A COOMFLONA conta atualmente com 210 Cooperados pertencentes a 21 comunidades da FLONA e para chegar a este patamar, a coomflona contou com a participação de diversas parcerias e da contribuição direta de seus cooperados, que trabalham como manejadores florestais. nas atividades relacionadas ao MFSC. No ano de 2013, devido ao “no hall” alcançado com o MFSC, a coomflona firmou um Acordo de Cooperação Técnica com a EMBRAPA para realização de atividades em conjunto visando a execução do segundo ciclo de corte de madeira de uma área experimental situada dentro da Área de Manejo Florestal Samambaia. Será inédito no Brasil em termos de manejo florestal o corte de uma área pela segunda vez, e contribuirá muito para avançar nas pesquisas relacionadas ao aproveitamento madeireiro na Amazônia de maneira sustentável.

 

Missão

“Fornecer produtos e serviços de origem de Manejo Florestal Comunitário aliado a agricultura familiar, através da qualidade, legalidade, sustentabilidade e esforços das comunidades tradicionais da Flona Tapajós, promovendo o desenvolvimento econômico, social e ambiental das famílias envolvidas e a satisfação dos clientes”.

 

Algumas imagens que falam sobre nós